Livros Para todos
Ouro Preto, Março de 2015
Campanha Doe Futuro cai ao gosto dos habitantes de Ouro Preto

Com o tema “Eu quero ler, você me ajuda?” a Fundação +Cultura promove sua primeira edição da “Campanha Doe um Futuro” desenvolvida com o objetivo de estimular a doação de livros de literatura para contribuir com a criação de uma nova biblioteca pública bem como sua manutenção. O projeto também visa a captação de recursos para compra de novos materiais e livros para crianças carentes

“Escolhemos o mote “Eu quero ler, me ajuda?”, justamente por representar que esta campanha só poderá ter o impacto que desejamos se toda a comunidade ajudar” diz Miguel Betta, uma das responsáveis por encabeçar o projeto

A iniciativa se formou assim que foi confirmado o cancelamento da 5ª Feira Cultura do Livro de Ouro Preto, em 2014, organizada pela já extinta Conexão Ouro Preto

A Fundação +Cultura foi criada inicialmente por moradores de Cachoeiras do Campo, bairro nobre de Ouro Preto, mas já conta com diversos voluntários.

Para participar, basta realizar doações nas urnas disponíveis próximo a prefeitura – mas atenção, nada de livros didáticos, serão aceitos somente livros de literatura. Doações em dinheiro podem ser feitas através do telefone 0800-DOE-FUTURO


Encontro de Hotelaria

Ouro Preto, Março de 2015
11º Encontro de Hotelaria e Gastronomia Mineira

Teve início hoje o 11° Encontro de Hotelaria e Gastronomia Mineira, realizado no famoso Hotel Solar do Rosário, em Ouro Preto (MG). O evento, com duração de dois dias (7 e 8 de Março), traz palestras que abordam temas como hotelaria econômica, segurança de alimentos, padronização operacional e posicionamento mercadológico de hotéis independentes, entre outros.

Haverá também exposição de produtos e serviços com empresas do setor, além de oficinas gastronômicas. “O principal objetivo do evento é sensibilizar o empresário hoteleiro e os profissionais de hotelaria para a necessidade contínua de capacitação e atualização no que diz respeito a questões como a manutenção das empresas e melhoria profissional”, diz o coordenador da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) em Minas Gerais, Marcos Valério Rocha.


Igrejas Novas em Folha!

Ouro Preto, 10 de Março de 2015
Dez igrejas de Ouro Preto (MG) serão restauradas

A Prefeitura de Ouro Preto (MG) já está apta a lançar os editais para a contratação de projetos de obras de restauração do PAC Cidades Históricas no município. O Termo de Compromisso com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) foi publicado no Diário Oficial da União. Serão beneficiadas dez igrejas e capelas que compõem o patrimônio cultural tombado. Os contratos serão assinados com a Prefeitura e os editais estarão disponíveis no site.

Nesta primeira etapa, serão contratados os projetos de restauração no valor de R$ 622, 2 mil, aplicados em igrejas e capelas: igrejas de Nossa Senhora das Mercês, de São Francisco de Assis, de São Francisco de Paula; e das capelas de São Sebastião, de Nossa Senhora da Piedade, de Santana, e do Padre Faria; além da compatibilização e revisão dos projetos de restauração das igrejas de São Bartolomeu (Distrito de São Bartolomeu), de Santo Antônio (Distrito de Glaura), e do Bom Jesus de Matozinhos.

Um dos monumentos que serão restaurados é a Igreja de São Francisco de Assis, considerada por especialistas a obra-prima de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Representa uma das expressões mais admiráveis do estilo mineiro do final do século XVIII, com fachada que segue o traçado português das grandes igrejas matrizes. A construção é um marco religioso, social e artístico da cidade e do Estado de Minas Gerais, com projeto arquitetônico, risco da portada e elementos ornamentais como púlpitos, retábulo-mor, lavabo e teto da capela-mor do Aleijadinho e pinturas de Mestre Athaíde. O forro da nave é totalmente coberto pela pintura deste artista e representa a Assunção de Nossa Senhora da Conceição (padroeira dos franciscanos).


Drogas na Universidade Federal de Ouro Preto
Ouro Preto, Março de 2015
Jovem portava grande quantidade de entorpecentes

Jovem que estuda na Universidade Federal de Ouro Preto, foi preso pela Polícia Militar, na quarta-feita, 04/03, acusado de tráfico de drogas. Dois colegas da república foram levados sob a acusação de uso de entorpecentes.

A operação da Polícia Militar foi no morro do Cruzeiro, no final da tarde. Após receber denúncia anônima sobre o tráfico de drogas sintéticas na cidade, os policiais iniciaram levantamentos e descobriram a casa do jovem de 24 anos acusado do tráfico.

O jovem foi abordado na residência e entregou a droga. Policiais relataram ainda forte odor de maconha no ambiente. Outro morador da casa também apresentou uma porção de maconha, que mantinha em seu quarto. Ele relatou que era para uso próprio. O estudante acusado de tráfico foi preso, bem como os dois colegas enquadrados por uso de entorpecentes.

Os policiais notaram ainda que o rapaz recebia ligações o tempo todo. No celular, os investigadores ainda encontraram um diálogo, via aplicativo de mensagens, de um rapaz solicitando drogas ao suspeito preso.

Segundo a Polícia Militar, foram apreendidas na casa dele: 92 capsulas de MDMA (droga que foi apreendida pela primeira vez em Ouro Preto), 250 unidades de LSD, 90 pinos de cocaína, 12 frascos de lança-perfume, 5kg maconha, 14 sementes de maconha, duas caixas de ritalina sem prescrição médica e 19 comprimidos de ectasy além de 13.700 reais em dinheiro e cheque, papel de seda para fazer cigarros de maconha e outros materiais.


A Moda do Chef
Ouro Preto, Março de 2015
Rodrigo Acetulli, Chef prodígio e boa pinta do restaurante Conto de Réis da a receita de seu prato mais desejado

Embora tenha apenas 26 anos, Acetulli tornou-se um prodígio. É um dos mais jovens profissionais de cozinha a ser eleito chef do ano pela edição especial “Comer& Beber”, na versão de Minas. Faturou o título com apenas 23 anos, em 2011. No ano passado, seu restaurante, o Conto de Réis, foi escolhido a revelação da América Latina e levou o selo “One to Watch” da Latin America’s 50 Best Restaurants, uma das muitas premiações derivadas do The World’s 50 Best Restaurants, sediado em Londres.
Em comemoração ao lançamento de seu recente livro “Cozinha de Origem” Rodrigo Acetulli disponibilizou a redação um de sues principais pratos, Filet Mignon à Chateaubriand.

Filet Mignon à Chateaubriand
Ingredientes
Para o filé:
6 rodelas de filé mignon com 3 cm de espessura, temperadas com sal e pimenta
3 colheres de sopa de manteiga

Para o creme:
4 colheres de sopa de manteiga (em temperatura ambiente)
2 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de salsinha
1 colher de chá de suco de limão
Sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo
Filé:
Derreta a manteiga e frite a carne até o ponto desejado

Creme:
Prepare a manteiga com a salsinha da seguinte maneira:
Bata a manteiga com 1 colher de pau até ficar cremosa
Acrescente aos poucos o limão, a salsinha e o alho
Finalmente, o sal e a pimenta
Forme bolinhas ou rodelas e leve à geladeira, até tomar consistência dura
No momento de servir a carne, coloque por cima uma rodela ou bolinha de manteiga
Tempo de Preparo: 40 minutos
Rendimento: 6 porções


Museu Turbinado
Ouro Preto, Março de 2015
Museu da Inconfidência disponibiliza documentos musicais raros

O Museu da Inconfidência/Ibram, em Ouro Preto (MG), deu início a um processo de difusão via internet de um importante acervo musical histórico brasileiro. Com cerca de 1,3 mil obras musicais de autores nacionais e europeus, datadas do século XVIII ao início do século XX, a base de dados de documentos musicais do Museu da Inconfidência Musicologia (MIMus) já começou a ser aberta ao público.

Até o momento, podem ser pesquisados dados históricos e detalhes dos verbetes das coleções Francisco Curt Lange, registrado como Memória do Mundo no Brasil pela Unesco; Arquivo Público Mineiro, Anália Esteves Ribas e José Luiz Pompeu da Silva, presentes no acervo do museu. Para pesquisar conteúdos, basta buscar por palavras-chave ou números.

O sistema MicroIsis, software de armazenamento desenvolvido pela Unesco, foi usado para recuperar os dados. A organização do material foi feita pela musicóloga Mary Angela Biason.

O preparo para a internet foi responsabilidade do doutor em Ciência da Informação pela ECI-UFMG, Agnaldo Lopes Martins, e das bibliotecárias especialistas em MicroIsis Ana Maria de Mendonça, Mariângela Macedo Cunha Poni e Lúcia Maria Alves. A consolidação da base de dados foi financiada pelo Instituto Brasileiro de Museus com apoio da Fundação Vitae e da Caixa Econômica Federal.

A expectativa é que, em breve, as demais coleções depositadas no acervo do Museu da Inconfidência, que ainda não passaram por tratamento técnico, sejam disponibilizadas, a exemplo das Coleções Cacilda Coeli Clímaco, Joaquim Nunes de Carvalho e Família Gesteira


Você tem Fome de Que?

Ouro Preto, 10 de Março de 2015
Jantares são realizados com intuito de levantar fundos para milhares de crianças

Os Habitantes de Ouro Preto tem a Oportunidade de melhorar o futuro de milhares de crianças com uma simples ação: Comparecer a um Elegante Jantar. Isso mesmo, A Fundação +Cultura está promovendo jantares para arrecadação de recursos para o projeto “Doe um Futuro”, são quatro eventos confirmados em dois dos espaços prestigiados do estado: o restaurante Conto de Réis e o restaurante Senhora do Rosário, do luxuosíssimo Hotel Solar do Rosário.

O Chef do restaurante Conto de Réis, Rodrigo Acetulli, confirmou um cardápio único, feito especialmente para a noite do jantar, mas confirmou que também servira sua especialidade Filet Mignon à Chateaubriand. Já a equipe do Restaurante senhora do Rosário guardou segredo, e informa que não ficará devendo expectativa. Ambos os eventos contam com diversas atrações. Quem ganha é a população, que além de saborear os pratos exclusivos dos Chefs, ajudam o futuro das crianças do Brasil.

Os Convites para participar dos Jantares “Doe um Futuro” da Fundação +Cultura nos dias 14 e 28 de Março podem ser adquiridos pelo telefone 0800-DOE-FUTURO